Núcleo de Estudos Bíblicos

EBíblicos_02

Histórico

O Departamento de Bíblia foi criado em março de 2007 com a intenção primeira de reunir os professores de estudos bíblicos do ITESC para partilha e reflexão do conteúdo ministrado, da metodologia usada, dificuldades e troca de sugestões em vista da maior eficiência e aproveitamento tanto dos docentes como dos discentes.  Na medida em que se reuniam, os professores sentiram a necessidade de ampliar a participação, convidando os acadêmicos interessados. Atualmente, o Departamento é formado, além dos docentes, pelos representantes de cada uma das séries do Curso de Teologia, do Departamento Acadêmico de Teologia e por lideranças leigas envolvidas na animação de Estudos Bíblicos em suas comunidades.

Objetivos centrais

  1. Proporcionar oportunidades de reflexão e de partilha das diversas disciplinas bíblicas, buscando maior integração e harmonia entre os professores, os conteúdos ministrados e as metodologias adotadas.
  2. Promover encontros, seminários, cursos e outros eventos, visando aprofundar temas bíblicos e capacitar assessores(as) na perspectiva da Leitura Popular da Bíblia.
  3. Socializar estudos, artigos, opiniões e notícias a todas as pessoas, grupos e comunidades interessadas em conteúdos bíblicos, no intuito de fornecer subsídios para a sua informação e espiritualidade ecumênico-ecológica.

Justificativa

Jesus de Nazaré, comprometido com a defesa e a promoção da vida digna de todas as pessoas, a partir das que se encontram em situação de necessidades, alimentou sua espiritualidade e iluminou sua prática através da Sagrada Escritura. O relato dos discípulos de Emaús (Lc 24,13-35) é particularmente elucidativo quanto ao uso que Jesus fez da Bíblia e quanto à sua importância na vida dos(as) discípulos(as) em caminhada. As dificuldades e desafios que permeiam o cotidiano da vida dos seres humanos, podem transformar-se em oportunidades de partilha, de diálogo, de solidariedade, de alegria e entusiasmo. A Palavra contida na Bíblia tem a função primordial de “fazer arder o coração” das pessoas peregrinas neste mundo, animando-as ao compromisso de construção do Reino de Deus.

O Documento de Aparecida lembra que “desconhecer a Escritura é desconhecer Jesus Cristo e renunciar a anunciá-lo” e cita Bento XVI: “Ao iniciar a nova etapa que a Igreja missionária na América Latina e do Caribe se dispõe a empreender, é condição indispensável o conhecimento profundo e vivencial da Palavra de Deus. Por isso, é necessário educar o povo na leitura e na meditação da Palavra: que ela se converta em seu alimento para que, por experiência própria, vejam que as palavras de Jesus são espírito e vida (Jo 6,63). Do contrário, como vão anunciar uma mensagem cujo conteúdo e espírito não conhecem profundamente? É preciso fundamentar nosso compromisso missionário e toda a nossa vida na rocha da Palavra de Deus” (DAp. 247).

Núcleo de Pesquisa, Tradução e Leitura Popular da Bíblia

Em junho de 2008, o Departamento de Bíblia criou o  “Núcleo de Pesquisa, Tradução e Leitura Popular da Bíblia”. É um espaço prático importante de inserção das pessoas que demonstram maior interesse na área bíblica. Com a assessoria de peritos em línguas bíblicas, o Núcleo busca proporcionar aos professores, acadêmicos e lideranças comunitárias o exercício da exegese bíblica, a partir da tradução dos originais (hebraico e grego) e a pesquisa em obras e autores diversos, visando a produção e a socialização de artigos e recensões na perspectiva da Leitura Popular da Bíblia.

Sede:

Instituto Teológico de Santa Catarina – ITESC

R. Dep. Antônio Edu Vieira, 1525

Cx. Postal 5041

CEP 88040-970

Fone – 3234 0400
Home page: www.itesc.ecumenismo.com
E-mails da coordenação:

Celso Loraschi – loraschi@itesc.org.br

Luiz José Dietrich – luizdietrich@ig.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>